mulheres viajantes artemis 2018

Como foi o primeiro Mulheres Viajantes vai às ruas de 2018?

O nosso primeiro Mulheres Viajantes vai às ruas de 2018 foi realizado no dia 17 de fevereiro em São Paulo e contamos com a acolhida de um time massa de mulheres, com registros da querida fotógrafa Juliana Carneiro, que já nos escreveu aqui sobre a sua experiência de intercâmbio em Malta.  O nosso ponto de encontro desta vez foi o Centro Cultural Artemis, localizado na Barra Funda.

Desta vez, o nosso quórum foi menor, pois estávamos curtindo uma ressaca pós-carnaval com alguns bloquinhos ainda pela cidade, mas tivemos conversas sobre como experienciar uma viagem no Camboja, na Espanha, na Índia, um intercâmbio no interior da Inglaterra numa era antes da população do celular e da internet com direito a dinheiro sendo enviado pelos correios, em cartas comuns e envolvidos em papel carbono. Compartilhamos nossas apreensões também, o que já deixamos de fazer em viagem e o que já sofremos. As nossas conversas, ouvindo as experiências uma das outras, é tão rica que é difícil colocar em palavras. Este é o momento em que compartilhamos a vida com mulheres desconhecidas e somos capazes de não só identificarmos pontos em comum, como nos solidarizarmos e ficarmos feliz pelo Outro. Acredito que esse é um dos maiores ganhos, a construção de uma empatia coletiva.

E claro, não tem como não sair com vontade de colocar a mochila nas costas e viajar!

Sobre o Centro Cultural Artemis

Centro Cultural Artemis é mais um passo na direção do cumprimento dos objetivos da Associação Artemis que são a promoção da autonomia e erradicação de todas as formas de violência contra a mulher.  Através de diversas atividades culturais, políticas e artísticas fomentamos a reflexão, o encontro e o apoio mútuo.

 

mulheres viajantes artemis 2018
Thaís Carneiro, autora do projeto Mulheres Viajantes

 

mulheres viajantes são paulo 2018
A mulherada curtindo a roda no Centro Cultural Artemis

 

mariana veloso mulheres viajantes são paulo 2018
Maria Veloso Lima, uma das condutoras do projeto Viagens da Consciência

Sobre o Viagens da Consciência

“O Projeto Viagens da Consciência ®️ surgiu com a intenção de trazer o novo para aquelas pessoas que sentem que há algo maior em suas vidas e que desejam alcançar o verdadeiro sentido da felicidade e bem estar.

Através de um método único que envolve viagens, meditações e interações, auxiliamos as pessoas a abrirem seus corações para ouvirem seu “eu interior” e assim expandir a consciência em busca da realização e felicidade em suas vidas”

Saiba mais sobre aqui.

 

mulheres viajantes são paulo 2018
Mais uma para o time de viajantes, compartilhando as suas experiências

 

anna carl mulheres viajantes são paulo 2018
Anna Carl Lucchese do projeto Why do I travel alone?

O projeto Why do I travel alone? tem como foco mulheres que viajam sozinhas, a fim de a partir da troca dessas experiências, transformá-las em uma linguagem artística. Saiba mais sobre aqui.

 

carol mondin mulheres viajantes são paulo 2018
Carol Mondin, do projeto Poesia Móvel

A Carol Mondin define o seu projeto como:

“lambe-lambe, stickers, pixo, performances, intervenções, arte de rua
amor espalhado, feminismo e oxigênio”

Saiba mais sobre aqui.

mulheres viajantes artemis 2018

 

Se quiser levar o Mulheres Viajantes vai às ruas para sua cidade, convida a gente! Vamos adorar trocar experiências com vocês.

Sigamos na estrada!


Acompanhe o Mulheres Viajantes por aqui também!

Facebook: facebook.com/projetomulheresviajantes

Instagram: @mulheres.viajantes

Youtube: https://www.youtube.com/mulheresviajantes

Se estiver em busca de hospedagem, aproveite o nosso link do Airbnb: www.airbnb.com.br/c/tcarneiro11

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.