Hostel 300, aconchego mineiro no boêmio bairro de Santa Teresa

Como contei a vocês, visitei Belo Horizonte, a famosa Beagá, no final do ano passado e foi o Hostel 300, que recebeu no maior carinho, o nosso Mulheres Viajantes vai às ruas. Afinal, como classificar sermos recebidas com pão caseiro feito pelo Léo Lobato, gerente do Hostel 300 e geleia de casca de laranja feita pelo pai dele? Já começamos sentindo a hospitalidade mineira ali.

Como foi o Mulheres Viajantes vai às ruas em Belo Horizonte?

Conheci o Hostel 300 pelas redes sociais e logo me encantei pelo espaço. Fora do circuito tradicional da Savassi, ele fica localizado no boêmio e tradicional Bairro de Santa Teresa, conhecido pelas rodas de samba.

 

 

Quartos privativos & coletivos

Minha experiência no quarto coletivo feminino foi ótima! Bem arejado, o quarto conta com ventilador e um belo janelão. Como o bairro é super boêmio, você provavelmente dormirá embalada pelo som ao vivo de algum dos bares da região, mas de verdade, isto não me importunou.

A cama é super confortável e conta com pontos de luz e tomadas individuais, o que salva MUITO, né? Ainda mais se você usar o celular como câmera fotográfica como eu! Tanto o quarto quanto o banheiro estavam impecáveis no quesito limpeza.

DICAS: levem um cadeado (ou comprem lá no Hostel 300 mesmo) e o chuveiro como é movido à energia solar, exige um pouco de paciência para acertar a temperatura.

Quarto privativo

 

Quarto coletivo

 

banheiro do quarto coletivo feminino

 

Café da manhã

A hora mais feliz do dia! SOCORRO! Eu amo tomar café da manhã e viveria de comidinhas do tipo o dia inteiro. Por isso, assumo que adoro falar sobre.

Esta refeição está inclusa na sua diária e você aproveitar para tomar o seu café com calma e trocar um dedinho de prosa com os outros hóspedes na mesa coletiva ou com o próprio Léo, que ótimo para te contar as histórias do bairro e as boas de Beagá pra você curtir a cidade.

café da manhã

 

café da manhã

 

café da manhã do Hostel 300, em Belo Horizonte

 

Quintal

Nos fundos da casa, você encontra um quintal delícia com telhado de ora pronobis, em que dá pra você aproveitar a tarde, ouvindo uma música ou lendo um livro. O nosso encontro do Mulheres Viajantes vai às ruas começou aí antes da chuva de verão nos pegar!

Quintal
Quintal

 

 

 

Informações:

Diárias a partir de R$ 45 em quartos coletivos

(valores atualizados em janeiro de 2018)

Rua Quimberlita 300, Santa Tereza
Belo Horizonte – MG – Brasil – 31.010-260
Fone: 31 2555-6255 / 98319-0843
Whatsapp: 31 98319-0843
contato@hostel300.com.br

http://hostel300.com.br/

*A hospedagem no Hostel 300 foi uma cortesia do mesmo. Todas as parcerias estabelecidas com o blog, partem de uma curadoria específica que dialogam com uma forma de viajar específica: o slow travel e trocas comerciais humanizadas.

Todas as imagens utilizadas foram produzidas pelo Léo Lobato, gerente do Hostel 300. Se quiserem mais informações, acessem o portfólio dele: http://www.leolobatofoto.com.br/


Acompanhe o Mulheres Viajantes por aqui também!

Facebook: facebook.com/projetomulheresviajantes

Instagram: @mulheresviajantesblog

Youtube: https://www.youtube.com/mulheresviajantes

Se estiver em busca de hospedagem, aproveite o nosso link do Airbnb que te dá 100 reais de desconto em sua primeira viagem: www.airbnb.com.br/c/tcarneiro11

2 comentários em “Hostel 300, aconchego mineiro no boêmio bairro de Santa Teresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *