Instituto Inhotim Brumadinho Minas Gerais

Inhotim: O que comer, levar & onde se hospedar

Como historiadora e estudiosa de artes visuais, desde que o Instituto Inhotim foi fundado lá nos idos de 2011, eu nutria uma vontade louca de conhecer aquelas bandas e finalmente, no final do ano passado (2017), tive a oportunidade de conhecê-lo. A vida me surpreendeu ainda mais e voltei pra lá a convite do De Rolê por Brumadinho, como contei a vocês aqui.

Brumadinho, além do Inhotim

 

 

Vale a pena uma visita guiada?

Como já trabalhei na área de arte e educação, já tinha lido um tanto sobre arte contemporânea e uma parte considerável dos artistas em exposição no instituto. A minha primeira visita foi tranquila, pois eu conseguia me apoiar nos meus conhecimentos prévios e os textos deixados pela expografia ao lado de cada obra.

A diferença desta visita que fiz em fevereiro foi a presença do Guia Junio César. Criado na região, ele viu o antigo bairro Inhotim torna-se o instituto numa extensão de 140 Maracanãs. Ele mesmo teve sua casa comprada por Bernardo Paz, criador do instituto, do qual ele fala com muito carinho. Uma visita com Junio César é estabelecer relações entre espaço, tempo, obra e perceber que a vida e viagens são feitas de uma boa prosa. Com ele, você vai ouvir histórias de como algumas obras foram feitas no próprio parque, como foi a construção do instituto e como é o cotidiano de trabalho por ali. Tendo trabalhado como garçom, atendente, monitor de obra e jardineiro, ele tem uma visa rica e ampla daquele lugar!

Recomendo muito fazer uma parte da sua visita com o acompanhamento de um guia, pois ele pode te trazer outras informações e muitas delas, não estão nos livros. Caso você vá pra lá com o orçamento apertado, organize o seu horário para acompanhar as visitas guiadas promovidas pelo próprio Instituto, que são gratuitas.

Onde comer

Todos os restaurantes são conduzidos pela mesma chef de cozinha, , que trabalha com uma culinária bastante marcada pela cultura brasileira e que por muitos anos, era a cozinheira da casa de Bernardo Paz, proprietário do Instituto Inhotim.

 

Restaurante Oiticica

oiticica inhotim restaurante
Restaurante Oiticica no Inhotim //Foto: Henrique Queiroga

O clássico por quilo! Vivenciei o restaurante em dois momentos. Na primeira vez, que fui em dezembro, ele tinha uma oferta razoável de pratos quentes, além de apetrechos para a salada. Já na segunda vez, os pratos quentes foram substituídos por três tipos de massa, que eram bem fracas. Não curti muito as refeições que tive por lá, pois considerei a comida fria, com pouca reposição e pouco saborosa. Mas, enfim, é uma opinião particular, né? De qualquer modo, o atendimento é ótimo e o espaço do restaurante é bem bonito. Com vista para o lago, o Restaurante Oiticica oferece refeições self-service (R$ 43,00/kg durante a semana e R$ 49,00/kg nos finas de semana e feriados).

F U N C I O N A M E N T O:

Terça a sexta: 12h às 16h.
Sábado, domingo e feriado: 12h às 17h.

 

Restaurante Tamboril

tamboril inhotim
Restaurante Tamboril em Inhotim // Foto: Divulgação

Não cheguei a provar a comida de lá, mas de longe é a menina dos olhos do Inhotim. Não comi lá em nenhuma das vezes, por conta do valor. Da primeira vez, estava 80 reais um buffet de comida brasileira à vontade. Na segunda vez, este valor pagava o menu executivo com entrada, prato principal e sobremesa. O que me disseram é que é uma experiência que vale a pena, mas de fato não tenho como opinar.

F U N C I O N A M E N T O:

Terça a sexta-feira: 12h às 16h

Sábado, domingo e feriado: 12h às 17h.

 

Café das Flores

cafe das flores inhotim
Café das Flores no Inhotim // Foto por O Mundo é pequeno para mim

O mais fácil de você encontrar! Este café fica logo na entrada do Instituto e ao lado da lojinha de souvenirs. Ele é uma excelente pedida para um café no final da tarde ou um almoço diferente. Experimentei algumas comidinhas de lá! O sanduíche vegetariano que é delícia demais e vale tranquilamente por um refeição e gastei cerca de 30 reais com bebida. Também aproveitei para comer pães de queijo de lá, que são caseiros e vem em um combo de dois. Vale muito a pena! Além de ser uma delícia, valem pra quem quer ter um almoço econômico, pois você gasta menos de 10 reais e fica satisfeito por umas boas horas (não significa que é um almoço saudável, né?). Por fim, não tem como não contar que o espaço é uma graça, né?

 

F U N C I O N A M E N T O:

Terça a sexta: 9h30 às 16h30.
Sábados, domingos e feriados: 9h30 às 17h30.

Como chegar

V A N

Saída do Hotel Holiday Inn em Belo Horizonte, através da Belvitur.
R. Professor Moraes, 600, Funcionários

Ô N I B U S

Saída da Rodoviária de BH Plataforma F2, através da Saritur.

Neste caso, é possível pegar um ônibus diretamente para o Inhotim ou para Brumadinho, cidade em que fica situado o instituto. Esta segunda opção vale a pena apenas se você for pernoitar na cidade. O trajeto dura cerca de 1h a 1h30.

 

Itens de sobrevivência

arrumar mala
Arrumando a mala // Foto: Pinterest

A minha dica é você levar uma mochila de ataque, daquelas pequenas, para deixar as mãos livres e não pesar ao longo dia. Dentro dela, recomendo levar o seguinte:

  • repelente (para chegar em algumas obras, você chegará a encarar alguns caminhos por trilhas e com o surto de febre amarela, o próprio parque está disponibilizando na entrada)
  • protetor solar (lá é bem quente!)
  • garrafa d’água (ao longo do parque, você verá vários bebedouros)
  • snacks (os restaurantes se baseiam na entrada do parque, principalmente e aquela fome pode atrapalhar a sua visita)
  • toalha de microfibra e roupa de banho (se você quiser aproveitar a obra A Piscina do Jorge Macchi)
  • óculos de sol
  • câmera fotográfica ou celular (para registrar a sua visita)

 

Informações básicas

V A L O R E S

Terça, quinta, sexta, sábado, domingo e feriado: R$ 44,00 (inteira)
Quarta-feira (exceto feriado): entrada gratuita
Fechado às segundas-feiras.

 

T R A N S P O R T E   I N T E R N O

O transporte funciona de terça a sexta das 10h às 16h e finais de semana e feriados das 10h às 17h.

Rotas pré-determinadas: R$ 30,00.

Rota exclusiva: Um carrinho elétrico com motorista fica à disposição dos visitantes durante um dia de visita ou no período de uma hora. Carrinho para 5 pessoas: R$500 diária / R$200 por hora. Agendamentos prévios pela Belvitur, agência oficial do Inhotim.

 

Horário de Funcionamento:

P A R Q U E

Terça a sexta-feira: 9h30 às 16h30
Sábado, domingo e feriado: 9h30 às 17h30

 

L O J A

Terça a sexta-feira: 9h30 às 16h30
Sábado, domingo e feriado: 9h30 às 17h30

 

Onde se hospedar

 

B E L O  H O R I Z O N T E

 

Quintal do Hostel Trem Azul

 

Hostel Trem Azul (Antigo Hostel 300)

Acolhimento você vê por aqui! Um hostel funcional, com quartos confortáveis e limpos, um café da manhã gostosim. Você vai adorar a vizinhança: os barzinhos de Santa Tereza. Não perca um dedo de prosa com o proprietário, Léo Lobato.

 

B R U M A D I N H O

moreira brumadinho
Café da manhã no Hostel Moreira

Hostel Moreira

Mesa de café da manhã farta e staff atencioso, faz com que você se sinta em um casa de família mineira. A estrutura dos quartos é simples, limpa e confortável.

 

Hostel 70

Bem localizado, conta com uma estrutura de quartos e espaços de convivência bem simples.

 

press trip brumadinho
O grupo da press trip “Brumadinho, além do Inhotim”, produzida pelo De rolé por Brumadinho

Participantes da Press Trip “Brumadinho além de Inhotim”: Mariana ViajaKari DesbravaMulheres ViajantesNa estrada com as MinasSou+CariocaRodas nos PésFoco no MundoCanal ErreiEu sou à toaIdeias na MalaDiário de TuristaHypenessRevista de bordo Azul Magazine

Realização: De Rolé por Brumadinho. Apoio: Hostel 70, Hostel Moreira, Bar Hashtag, Komboza Bar, Dom Quixote Snooker Pub, Pub Crawl Brumadinho, Junior Cesar Guia, Casa da Horta, Restaurante Ponto Gê Inhotim, BatuqueNatividade, Brumavip Turismo e Prefeitura de Brumadinho.


Acompanhe o Mulheres Viajantes por aqui também!

Facebook: facebook.com/projetomulheresviajantes

Instagram: @mulheres.viajantes

Youtube: https://www.youtube.com/mulheresviajantes

Se estiver em busca de hospedagem, aproveite o nosso link do Airbnb: www.airbnb.com.br/c/tcarneiro11

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.