Motter Home Hostel, aconchego em Curitiba

A minha viagem a Curitiba, em julho, contou com a parceria do Motter Home Hostel. Em minhas pesquisas pela web, encontrei o hostel e fiquei completamente apaixonada. Sabe cenário de filme? Foi isso que senti quando vi as fotos. Pudera, ele foi escolhido o melhor hostel do Brasil pelo MSN, possui o certificado de excelência pelo Tripadvisor e foi escolhido o melhor de Curitiba pelo Tripexpert, entre outros prêmios.

 

INFRA-ESTRUTURA

A infra-estrutura é impecável! Os banheiros compartilhados são arejados, limpos e com chuveiros quentinhos com opção de elétrico e à gás. Os quartos coletivos são amplos (esqueça aqueles hostels apertadinhos com a galera se espremendo entre as beliches) e os colchões super confortáveis. Pra facilitar a vida do viajante, cada um tem locker grande e individual com chave inclusa bem como uma tomada na cama com direito a uma luminária potente e micro.  Acabou aquela sofrência de você ter que implorar uma tomada para carregar os seus gadgets! Além do quarto, você pode deixá-los carregando no salão de jogos que comporta vários em tomadas dispostas de uma forma que você possa continuar utilizando seu notebook, celular, entre outros.

Fora da casa, você ainda se depara com um jardim de inverno delícia. É só abrir a cadeira de praia pra pegar aquele solzinho. Logo ao lado, você tem um quiosque com mesinhas, sofá de pallets, pufe, geladeira e pia para eventos e claro, os hóspedes curtirem outro espaço da casa. O nosso encontrinho do Mulheres Viajantes vai às ruas foi lá <3

Ps.: No frio curitibano, o que salvou a vida foi o secador power que eles têm pros hóspedes!

Foto por Thaís Carneiro

 

LOCALIZAÇÃO

Foto por Thaís Carneiro

A localização é outro ponto a ser considerado. Mercês mistura a tranquilidade de um bairro residencial com as facilidades do comércio. Fui a pé ao mercado, aos bares e lanchonetes e até a alguns pontos turísticos como a torre panorâmica. Vale bastante por essa facilidade e se você preferir, tem fácil acesso ao transporte público, além da possibilidade de chamar um táxi ou um uber. Usei bastante uber e saiu em conta, porque tive a companhia de uma amiga pra dividir e porque a cidade é bem pequena comparada a São Paulo, que é onde eu moro.

 

STAFF

Poderia ser apenas uma coleção de premiações, mas o Motter Home é muito mais do que isto. A galera do staff é super solícita e alto astral, mas de uma maneira bem orgânica e leve. Nada daquela sensação de prestação de serviços mecânica. Eles dão várias dicas do que fazer na cidade que fazem parte do cotidiano deles, o que é incrível pra você conhecer a cidade fora do combo turistão.

 

Foto por Andressa Araújo

 

Foto por Andressa Araújo

 

Foto por Andressa Araújo

CAFÉ DA MANHÃ

‘Bora ao que interessa! A cozinha tem uma mesa grande e coletiva que te permite logo no café da manhã conversar com outros hóspedes e conhecê-los.

Foca naquela bancada cheia de comidinhas. Pois é, você pode se servir várias vezes se quiser e na ordem que preferir. Só fazer o seu pratinho, lavá-lo e guardá-lo depois. As opções são pães, frios, geleia, chá, café, suco natural, bolo caseiro e por aí vai. É um café da manhã bem bacana que se compara a muitas pousadas que já fui.

 

Para reservar

Segura esse babado! Os leitores do Mulheres Viajantes ao reservarem sua hospedagem ganham 5% de desconto, usando o seguinte código #mulheresviajantesnomotter. ‘Bora aproveitar! Seguem os meios de contatos para vocês.

 

Informações

Motter Home Hostel

Rua Desembargador Motta, 3574 – Mercês

Telefone: 55 41 3209 5649

Site  Email Facebook Instagram

 

*A hospedagem no Motter Home Hostel foi uma cortesia da mesma. Todas as parcerias estabelecidas com o blog, partem de uma curadoria específica que dialogam com uma forma de viajar específica: o slow travel e trocas comerciais humanizadas.

 


Acompanhe o Mulheres Viajantes blog em outras mídias

Email: mulheresviajantesblog@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/mulheresviajantesblog/

Instagram: @mulheresviajantesblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *