São Francisco Xavier trilha

5 dicas para uma boa trilha iniciante

Caso você seja aquela menina urbana e tenha pouca experiência com trilhas, aqui vão 5 dicas sobre como fazer uma boa trilha e em segurança. Claro, se você já tiver lá a sua experiência, é sempre bom relembrar o básico.


Vá de tênis

Quando você faz alguma trilha próximo ao litoral, percebe que a maioria das pessoas está descalça ou de chinelo. Se você não tem confiança no trajeto ou simplesmente, não conhece o espaço, não costuma fazer trilhas, deixe de lado a vontade de copiar as pessoas e vá de tênis com solado antiderrapante.

Já cheguei a fazer trilhas de chinelo e além de escorregar horrores, a ponto de abandonar o meu companheiro para botar os pés no chão, tive queimaduras leves na sola do pé. A questão é que você pode não ter lá a mesma sorte do que eu. Desde então, eu prefiro ir com um bom calçado e agora, eu uso um tênis específico para Trekking, da Timberland. Ele me dá mais segurança na passada, pois como sou sedentária no meu cotidiano e tenho o joelho operado há 8 anos, preciso de um plus a mais.

No último verão, fiz trilhas leves em meio a um temporal e uma correnteza de água e lama, e a botinha me salvou.

Use repelente

Parece bobice, mas é bem importante. Como eu sou alérgica a picadas de insetos, acabo ficando empipocada no verão, principalmente. Já usei muito a marca OFF, mas acho que ela só faz cosquinhas e não segura a proteção com o suor, bem como não nos livra das picadas de borrachudos. Levamos o Exposis Extreme, que bombou de vendas na epidemia de dengue e zika vírus, e sério, ele realmente funciona. Ele segura a proteção umas boas horas, apesar de ter um cheiro horroroso. Um ponto importante é que ele é mais caro do que os demais.

Ponta Negra Paraty
Curtindo uma praia na comunidade caiçara de Ponta Negra, em Paraty, após uma trilha// Foto: Douglas Maris

Cuidado com cobras

Evite andar na trilha depois do anoitecer e antes das seis horas da manhã. A região da Mata Atlântica é conhecida pelas cobras e esse é o horário que elas curtem mais dar rolê.

Use protetor solar

Depois daquele viral com o Pedro Bial falando para usarmos protetor solar, parece ter se tornado mais comum. Mas sério, use mesmo com o tempo nublado! Além de pensar em prevenção de câncer de pele, tem a questão da desidratação e se você é tatuada, ainda pode ficar com uma tattoo meio verde. (Sério!)

Leve água e snacks

A pior coisa é sofrer com fome e sede e saber que ainda tem uma hora pelo caminho. É super comum no verão a galera se empolgar, beber aquela cervejinha e acabar com uma insolação no final do dia. Beber água é importantíssimo, mesmo quando estamos com zero sede.

Além disso, é importante ter um plano b, caso você se perca no caminho e a trilha demore um pouco mais, ou se rolar de chegar em uma praia deserta, sem ter barracas ou lanchonetes.

 

O que vocês acharam? Querem acrescentar algo a essa lista?


Acompanhe o Mulheres Viajantes por aqui também!

Facebook: facebook.com/projetomulheresviajantes

Instagram: @mulheresviajantesblog

Youtube: https://www.youtube.com/mulheresviajantes

Se estiver em busca de hospedagem, aproveite o nosso link do Airbnb que te dá 100 reais de desconto em sua primeira viagem: www.airbnb.com.br/c/tcarneiro11

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.