camila callado malta

Viajar sozinha é o melhor negócio

Por Camila Callado

Me chamo Camila Callado, tenho 28 anos e sou louca por viagens! Eu amo tanto que me formei em Turismo e sou Guia de Turismo no Rio de Janeiro. AMO conhecer e explorar lugares. Mas foi em 2013, recém-saída de uma depressão profunda por conta de um relacionamento péssimo e iniciando um outro pior ainda ,que resolvi me desligar um pouco do meu habitat que resolvi: eu vou viajar sozinha.

camila callado dezembro 2016 londres
Londres, Dezembro de 2016 // Foto: Camila Callado

Olhei na internet, lugares para se viajar sozinha na América do Sul, foi aí que vi Buenos Aires. Até então nunca tinha saído do Brasil, foi então que resolvi, EU VOU VIVER ISSO.

Liguei para agência de uma conhecida e fechei o pacote. Ela aproveitou e me deu diversas dicas do que fazer, onde comer e lugares para visitar. Fiquei num hotel ótimo super bem localizado, onde eu conseguia fazer bastante coisas a pé. Enfim, foi uma experiência ÓTIMA! Conheci pessoas que nunca mais ouvi falar, mas naquele momento viramos melhores amigas e outras, tenho contato até hoje. Depois disso, nunca mais parei de viajar sozinha. Já conheci capitais brasileiras e fora do Brasil, tive o imenso prazer de conhecer: Madrid, Paris, Praga, Dublin, Londres, Roma, Florença, Nuremberg e Malta.

camila callado dezembro 2016 dublin
Dublin, Dezembro de 2016// Foto: Camila Callado

Ah, Malta, foi onde me aventurei a fazer um intercâmbio impulsionada mais uma vez por ter um relacionamento ruim, e que foi a segunda MELHOR decisão da minha vida, não tem nada melhor do que se sentir livre pra fazer o que quiser.

Mas tudo tem seu lado bom e ruim, lado bom é que você faz o que bem entende sem ninguém pra lhe atormentar dizendo o que fazer ou não fazer, simplesmente você está afim, vai e faz. Lado contra é SER MULHER, NEGRA E BRASILEIRA, principalmente no exterior nossa imagem não é a das melhores, né?

camila callado dezembro 2016 roma
Roma, Dezembro de 2016// Foto: Camila Callado

Afinal, o Brasil simplesmente nos vende como se fôssemos um produto exposto na prateleira. Sendo assim, em algumas cidades como Roma por exemplo eu ficava com bastante medo de sair à noite, pois na época em que eu fui havia muito refugiado angolano e eles adoram mulheres brasileiras e eu ficava meio acuada em relação a isso, pois eles querem lhe segurar e forçar a compras as coisas. Como toda grande metrópole, de dia nos sentimentos seguras por ver uma segurança aparente, mas a noite já é outra situação.

VIAJAR SOZINHA É O MELHOR NEGÓCIO.

Você se permite a tantas coisas incríveis, conversar com estranhos, fazer novas amizades e vivência culturas diferentes, respeita os pontos de vistas distintos ao seu, conhece mais da cultura do local e explora mais sobre você mesma e vê o quanto você é capaz de tantas coisas. Eu acabei descobrindo muito nessas viagens e isso só me fez crescer como pessoa, é incrível. Precisamos nos permitir mais, viver mais nossos desejos e anseios. Afinal, o que se leva dessa vida é a vida que se leva.

camila callado paris 2014
Paris, 2014 // Foto: Camila Callado

 


Acompanhe o Mulheres Viajantes por aqui também!

Facebook: facebook.com/projetomulheresviajantes

Instagram: @mulheres.viajantes

Youtube: https://www.youtube.com/mulheresviajantes

Se estiver em busca de hospedagem, aproveite o nosso link do Airbnb: www.airbnb.com.br/c/tcarneiro11

4 comentários em “Viajar sozinha é o melhor negócio

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.