Como foi a mesa-redonda Mulheres Viajantes do século XIX?

A mesa-redonda Mulheres Viajantes do século XIX foi realizada em 8 de julho de 2017 na livraria Tapera Taperá. A instituição é uma biblioteca, livraria e espaço cultural no centro velho de São Paulo.O projeto é ser um espaço de troca de vivências, experiências e construção de ideias. Realizando eventos diversos ao longo da semana, que vão desde lançamentos de livros, conversas sobre política, arte, história e literatura até exibição de filmes e documentários.

Afinal, desde quando a viagem faz parte do cotidiano das mulheres? Esta pergunta foi um pouco o mote da nossa discussão, em que foram abordadas personagens do século XIX que viajaram por distintos motivos: para acompanhar os maridos, em busca de tratamento de saúde, em missões artísticas e de cunho científico. Muitas mulheres viajavam pela vontade de conhecer novos lugares e se ilustrar, porém, há um incômodo social e muitas preferem não assumir essas vontades, dando justificativas maiores e entendidas como mais dignas para suas viagens. De modo, a não serem pensadas como transgressoras e acabam desta forma, reforçando uma retórica da domesticidade, que pautava o espaço da mulher como o espaço privado em que serviria aos seus familiares, sendo boa mãe, filha e esposa.

Para discutirmos estes pontos, contamos com:

STELLA MARIS SCATENA FRANCO é historiadora, formada pela USP, e docente, na mesma instituição, na área de História da América Latina Independente. Desenvolve trabalhos sobre o século XIX, estudando o contexto de formação dos Estados nacionais, a temática das viagens entre os continentes americano e europeu e a abordagem das relações de gênero. É autora, dentre outros trabalhos, do livro Peregrinas de outrora. Viajantes latino-americanas no século XIX (Editora Mulheres, 2008).

AMÍLCAR TORRÃO FILHO é professor do Programa de Estudos Pós-graduados em História da PUC-SP, doutor em História pela Unicamp, com pós-doutorado pela Universitat Politècnica de Catalunya e Universitat de Barcelona. Trabalha com história da cidade e da paisagem, literatura de viagem e gênero. Coordenador do Núcleo de Estudos da Alteridade (NEA).

THAÍS CARNEIRO é historiadora, formada pela USP, e especialista em Fundamentos da Arte e da Cultura pela UNESP. Desenvolve pesquisas na área de literatura de viagem e gênero. Autora do projeto Mulheres Viajantes vai às ruas e redatora do blog Mulheres Viajantes (mulheresviajantes.com), M pelo Mundo e GRL PWR .

Stella Maris Scatena Franco
Thaís Carneiro
Amílcar Torrão Filho

 

 


Acompanhe o Mulheres Viajantes blog em outras mídias

Email: mulheresviajantesblog@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/mulheresviajantesblog/

Instagram: @mulheresviajantesblog

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.